BR-116/101/SP/RJ

Andamento

Estudos
Audiência Pública
Acordão TCU
Edital
Leilão
Contrato

Informações do projeto

  • Prazo:

    30 anos

  • Extensão:

    625,8 km

  • Investimento previsto (Capex):

    R$ 14,8 bilhões

  • Custos operacionais previstos (Opex):

    R$ 10,98 bilhões

  • Taxa Interna de Retorno (TIR):

    8,47%

  • Critério de julgamento do leilão:

    menor tarifa (deságio limitado) e maior outorga como critério de desempate. 

  • Audiência Pública:

    Link para AP: 018/2019

  • Previsão de leilão:

    29/10/2021

  • Previsão de assinatura do contrato:

    1º Trimestre de 2022

  • Empregos:

    218.743 (diretos, indiretos e efeito-renda) 

O sistema rodoviário BR-116/101/RJ/SP faz a ligação entre as duas maiores regiões metropolitanas do País: Rio de Janeiro e São Paulo. É também a principal ligação entre o Nordeste e o Sul do país, atravessando 33 municípios. A concessão em questão tem 625,8km de extensão. 

O projeto é composto pelos trechos da BR-116/101/SP/RJ (Rodovia Presidente Dutra): Rodovia BR-116/RJ, entre o entroncamento com a BR-465, no município de Seropédica (RJ), e a divisa RJ/SP; Rodovia BR-116/SP, entre a divisa RJ/SP e o entroncamento com a BR-381/SP-015, Marginal Tietê; Rodovia BR-101/RJ, entre o entroncamento com a BR-465(A)/RJ-095 e a divisa RJ/SP; e Rodovia BR-101/SP – entre a divisa RJ/SP e Praia Grande, Ubatuba.

Obras – De acordo com o Programa de Exploração da Rodovia (PER), as principais melhorias incluem a ampliação de capacidade do trecho da Serra das Araras, com a construção de uma nova pista asecendente e adaptação da atual pista descendente para ser a pista descendente. Serão implantadas 4 faixas de rolamento por sentido e acostamos internos e externos.
Estão previstos 80,1 km de obras de duplicação; 601,87 km de faixas adicionais; 144 km de vias marginais; 128 passarelas; 2,60 km túneis, e um mínimo de 535 pontos de ônibus em todo o trecho concedido.

Atendimento – Também está previsto o atendimento ao usuário da via com Centro de Controle de Operações (CCO) e 21 Bases do Serviço Operacional (BSO) para apoio das equipes de atendimento médico de emergência, atendimento mecânico e atendimento aos demais incidentes na via.

Praças de Pedágio – Estão previstas 10 praças de pedágio distribuídas da seguinte forma: 

  • BR-116: sete praças de pedágio localizadas em Arujá/SP, Guararema/SP, Jacareí/SP, Moreira César/SP, Itatiaia/RJ.

  • BR-101: três praças de pedágio localizadas em Itaguaí/RJ, Mangaratiba/RJ e Paraty/RJ.

Inovações – O projeto desta concessão tem uma série de inovações. Podemos destacar:

  • Tarifa diferenciada para pista dupla e pista simples

  • Desconto para usuários frequentes

  • Pontos de parada para caminhoneiros

  • Compartilhamento do risco cambial

  • Primeira concessão a usar o sistema Free Flow

 

Resultado do Leilão

 

Tarifa

 

 

Arquivos para download