Ferrovia Norte Sul (FNSTN e FNSTC) - VALEC S.A.


A outorga estabelecendo o direito da Ferrovia Norte Sul à VALEC - Engenharia, Construções e Ferrovias S.A. se deu inicialmente por meio do Decreto n. º 94.813, de 1 de setembro de 1987, o direito de construção, uso e gozo dos seguintes ramais ferroviários: (I) Ramal Norte, com o traçado entre Colinas de Tocantins, no Estado do Tocantins, até Açailândia, no Estado do Maranhão, com 461 km de extensão; (II) Ramal Sul, partindo de Porangatu, no Estado de Goiás, até o sistema ferroviário existente em Senador Canedo, também no Estado de Goiás, com 461 km de extensão.

Posteriormente, no contrato de concessão celebrado entre a União través do Ministério dos Transportes e a VALEC, foi ratificada a outorga de concessão de ramais ferroviários na região da Bacia do Araguaia - Tocantins, visando a construção, uso e gozo da Ferrovia Norte Sul, que liga os municípios de Belém (PA) e Senador Canedo (GO).

No primeiro termo aditivo ao contrato de concessão, celebrado entre a União, por intermédio da Agência Nacional de Transportes Terrestres, e a VALEC, foi novamente ratificada a outorga de concessão de ramais ferroviários na região da Bacia do Araguaia - Tocantins, visando a construção, uso e gozo da Ferrovia Norte Sul, que liga os municípios de Belém (PA) ao município de Panorama (SP).

Para mais informações acesse o site da VALEC em www.valec.gov.br.

Mapa da Ferrovia

Tarifa

Anexos

Edital e Contratos

Edital e Contratos

Demonstrações Financeiras

Demonstrações Financeiras

Demonstrações Financeiras