Operação das Rodovias

A estrutura dos serviços de gerenciamento e controle operacional da RODOVIA, visando garantir a sua efetividade, eficácia e eficiência, conta com o apoio de um Centro de Controle Operacional – CCO, montado e m edificação estrategicamente implantada na rodovia, que recebe os dados operacionais e físicos, processa-os, transforma-os em informações, e distribuem-nos a outros sistemas, subsidiando o processo de tomada de decisão e as ações necessárias.

Implantação e operacionalização das infraestruturas e serviços que envolvem a execução das edificações operacionais da Concessionária, a aquisição de todos os equipamentos necessários ao seu funcionamento, além de todo controle de tráfego e gerenciamento de todo sistema rodoviário.

As Bases de Serviços Operacionais funcionam 24 horas por dia, inclusive sábados, domingos e feriados, e são dotadas dos meios de comunicação para contato com as viaturas e órgãos envolvidos com a operação da RODOVIA (CCO, PRF, Corpo de Bombeiros, etc) e equipamentos de proteção e segurança para as equipes ali alocadas, para a realização dos serviços emergenciais.

A partir das informações coletadas pelos sistemas de controle de tráfego, o CCO deverá adotar as providências necessárias para manter o padrão de serviço estabelecido, devendo, portanto, acionar os serviços operacionais existentes.

 

Gráfico dos serviços da concessão.
Gráfico das fases da concessão

 

 

Serviços inclusos na tarifa de pedágio

Os usuários que passam diariamente pelas rodovias concedidas  têm à disposição os serviços de atendimento ao usuário: socorro médico, atendimento a veículos com problemas mecânicos, resgate de animais na pista, veículos para combate a incêndio, inspeção de tráfego constante: tudo operando 24 horas.

Sistema de Controle de Tráfego

O controle de tráfego ou controle operacional da RODOVIA deverá ser estruturado no CCO, que deverá detectar e solucionar os problemas operacionais ocorridos, e recebe continuamente informações sobre as condições de tráfego na RODOVIA, por meio dos sistemas a seguir descritos: − Sistema de Detecção e Sensoriamento de Pista; − Sistema de Painéis de Mensagens

Variáveis – Fixos; − Sistema de Painéis de Mensagens Variáveis – Móveis; − Sistema de Sensoriamento Meteorológico; − Sistema de Detecção de Altura; − Sistema de Inspeção de Tráfego; − Sistema de Circuito Fechado de TV – CFTV ; − Sistema de Controle de Velocidade.

As imagens captadas pelo Sistema de CFTV são visualizadas em painel de visualização de imagens, e permanentemente gravadas.

Contempla ainda o envio periódico de mensagens aos usuários, através dos Painéis de Mensagens Variáveis – PMV’s ou do serviço de radiodifusão, sobre as condições de tráfego, condições do tempo, velocidade máxima permitida, avisos de atenção, bem como sobre os serviços prestados ao usuário.

Em situações anormais do tráfego, são determinadas as ações preventivas ou corretivas de engenharia de tráfego necessárias para assegurar a segurança dos usuários, indicando, por exemplo, onde e quando efetuar bloqueios ou desvios de tráfego.

Os serviços operacionais são iniciados a partir da entrada por quaisquer vias de comunicação entre o usuário e a Concessionária, pela visualização de sua necessidade pelo CFTV, ou detecção por meio das viaturas de Inspeção (VIT) que percorrem permanentemente a rodovia e são imediatamente registrados e transmitidos à BSO que atenderá à solicitação.

Nos últimos 13 anos, foram realizados, aproximadamente, 1,36 milhões atendimentos médicos e 8,64 milhões de atendimentos mecânicos.

Em 2019, foram realizados, em média, 335 atendimentos médicos diários e 2.390 atendimentos mecânicos, diários.

É disponibilizada, nas Rodovias Federais Concedidas, uma equipe e uma frota de veículos de inspeção de tráfego para percorrer toda a extensão da rodovia, com o objetivo de detectar quaisquer tipos de ocorrências, tendo as seguintes diretrizes:

  • Prestar pronto atendimento aos usuários da Rodovia, orientando-os quanto a situações operacionais críticas;

  • Acionar mecanismos e recursos operacionais adequados com a máxima urgência;

  • Propiciar ao usuário condições de segurança e conforto, especialmente em situações de emergência;

  • Efetuar sinalização de emergência em situações de risco à circulação;

  • Identificar eventuais problemas rotineiros de sinalização, pavimento, equipamentos,  segurança, etc..

  • Dentre outros.

Atendimento Médico de Emergência

  • O Serviço de Atendimento Médico de Emergência atua 24 horas por dia, sob permanente supervisão e orientação de um médico regulador, a partir do CCO ou de uma das BSO’s.
  • São disponibilizadas ambulâncias de resgate e de suporte Avançado.
  • Ambulância de Resgate: veículo de atendimento de urgências pré-hospitalares de pacientes vítimas de acidentes ou pacientes em locais de difícil acesso, com capacidade de realizar o suporte básico de vida e equipamentos de salvamento com profissionais com capacitação e certificação em salvamento e suporte básico de vida.
  • Ambulância de Suporte Avançado: veículo destinado ao atendimento e transporte de pacientes de alto risco em emergências pré-hospitalares e/ou de transporte inter hospitalar que necessitam de cuidados médicos intensivos.

    Clique no botão abaixo e acesse os dados de atendimento médico de emergência.

    Acessar

Socorro Mecânico

  • O Serviço de Socorro Mecânico atua 24 horas por dia,e consiste na disponibilização de guinchos leves e pesados, com equipes treinadas, em regime de prontidão nas Bases Operacionais – BSO’s

    Clique no botão abaixo e acesse os dados de socorro mecânico e a frota operacional das concessionárias.

    Acessar

 

 

 

Combate a Incêndios e de Apreensão de Animais

  • São disponibilizados carros pipa e caminhões próprios para a apreensão de animais, com equipes treinadas, em regime de prontidão nas Bases Operacionais – BSO’s, para atender rapidamente às situações de emergência transmitidas pelo CCO.
  • Dispõem, 24 horas, de equipes de emergências para os casos de acidentes envolvendo caminhões com derramamento de carga, para a retirada e limpeza da pista.
  • Fornecem apoio às equipes do Corpo de Bombeiros, que são acionados pelo CCO, evitando o alastramento dos incêndios até sua chegada.